Qua 27 Jan 2010

Autoramas: Desplugando guitarras e replugando a Mtv

por Diogo Gregório

Rocknautas, é muito bom estar de volta. E pra falar de duas coisas que confesso, sou fã admirado. Primeiro do excelente grupo Autoramas do ótimo selo Trama, que já vinha criando uma carreira consistente e equilibrada, de forma totalmente independente seguindo suas próprias  correntes e sem se preocupar em agradar o mercado.  Segundo os especiais da Mtv, que pontuaram a minha juventude rockeira com os ansiosamente aguardados acústicos e  ao vivo.  Mas hei de confirmar que o propósito destes especiais haviam se perdido nos últimos anos. Projetos nada ousados, que quando não pecavam no artista que se mostravam pouco interessados na reformulação de processo criativo, que no início era o grande sentimento que moviam estes formatos. Pecavam, em repertórios, que apenas serviam para tornar mercadológicos acervos ultrapassados de artistas mais ultrapassados ainda. Obviamente, que grandes especiais são produzidos pela Multishow, e pelas emissoras abertas. Mas nenhum deles consegue atingir a excelência produtiva dos especiais da Mtv.


E a emissora já vinha acertando muito antes do especial com Autoramas.  Bons artistas vinham passando por este formato chamado MTV Apresenta desde 2004 com o ainda desconhecido dos grandes meios Seu Jorge.  Por este formato, passaram ainda nomes como Otto, Gram,  o sempre imponente Matanza entre outros. Mas foi em 2009 que a emissora acertou de mão cheia:  o fantástico Casuarina, resgatando o samba de raiz de nosso país, o desbunde adolescente do Scracho e fechando a tampa o viciante desplugado do Autoramas.



O disco e o show são impecáveis. Produção rica apesar do palco escuro, sem o tradicional cenário cheio de adereços dos acústicos.  A banda que deveria se sobressair. E cumpre maravilhosamente esse papel.  Desfila seus hit´s com arranjos fortes apesar de estarem munidos de violões.  E o que eu mais gosto nos Autoramas senhores são as letras precisas e repletas de sentimento sempre acompanhadas de arranjos que bebem das influências de rockabilly e do rock n roll despretensioso mais elegante dos anos 60.  E as participações mais que acertadas de gente como Érica Martins que manda bem em todo o lugar que passa. Do excelente guitarrista brasileiro de Blues,  Big Gilson, que se o nome soa estranho pra algum de vocês, procurem já ouvir o excelente trabalho desse guerreiro do Blues nacional e a mais que emocionante participação de Roberto Frejat na canção não menos emocionante O Sonhador,  que ganha nesse formato um arranjo mais do que acertado e bem feito.


Bom meus queridos, pra quem ainda não ouviu este trabalho bacana do Autoramas em parceria com a Mtv, deve já acessar o site da Trama Virtual e conferir. E que a MTV possa continuar rendendo especiais de qualidade para essa terra tupiniquim tão farta de grandes artistas mas carentes que os mesmos tenham espaço nas grandes emissoras.


Abraços e bons acordes...

+ posts

Mais posts

bandas + recentes

Mais Bandas